Etapa Estadual do JIMI começa com jogos de alto nível técnico

Print Friendly

Competições das modalidades individuais e PCDs começam nessa sexta-feira (13) – Felippe Drummond/SEESP

Nos dois primeiros dias da Etapa Estadual, apenas as modalidades coletivas tiveram disputas (Foto: Felippe Drummond/SEESP)

Começou a ser disputada nessa quarta-feira (11), na cidade de Lavras, no Território Sul, a última fase dos Jogos do Interior de Minas (JIMI). Realizada pela Secretaria de Estado de Esportes (SEESP), a etapa Estadual da competição que termina no próximo domingo (15) reúne os principais atletas e equipes amadoras do estado e vai coroar os campeões de 11 modalidades.

Nos dois primeiros dias de competições apenas os esportes coletivos (basquete, futsal, handebol e vôlei, nos naipes masculino e feminino) tiveram partidas. E para a alegria de quem acompanha as disputas, os times apresentaram um alto nível técnico e de competitividade.

Entre as quatro modalidades, destaque para o torneio de vôlei masculino, onde dois ex-jogadores profissionais revivem no JIMI os áureos tempos de suas respectivas carreiras. No time de Montes Claros, o ponteiro Everaldo Frangiotti é o líder da equipe que conta também com o levantador Gabriel, reserva do time profissional da cidade.

Com passagem por grandes equipes, como RJX, Montes Claros, Marítimo de Portugal, entre outras, Evero, como ficou conhecido nos tempos de profissional, espera ajudar seu time a conquistar mais um título do JIMI. “Respeitamos ao máximo todos os adversários e sabemos que não será fácil, mas nosso objetivo aqui é tentar manter Montes Claros entre as melhores equipes de vôlei do Estado. A cidade vem de uma série de títulos dos Jogos de Minas e agora queremos o título do JIMI também”, avisa.

Já na equipe de Lavras, o também ponteiro Paulo Anchieta é o responsável por transmitir toda sua experiência para os companheiros de time. “Depois que aposentei do vôlei, me formei em educação física, o que me ajuda muito hoje. Em quadra, além de tentar passar minha experiência para meus companheiros, também tento ajudar de forma didática com algumas questões. Mas o mais importante é poder fazer o que eu amo e defendendo também a minha cidade pela primeira vez na vida, já que como sai de Lavras muito novo, não havia tido essa oportunidade ainda”, lembra Paulo.

Com passagens por grandes times do vôlei do Brasil e da Europa, Evero é o líder do time de Montes Claros (Foto: Felippe Drummond/SEESP)

 Não bastasse a história semelhante dos dois ex-jogadores, eles ainda foram companheiros de time, quando jogaram no Almeria, da Espanha. “É muito legal reencontrar com um jogador como o Evero, fomos companheiros de time lá na Espanha e agora temos a chance de quem sabe voltar a dividir a mesma quadra. Torço para que isso aconteça no JIMI, e quem sabe em uma final, seria perfeito”, almeja Paulo.

Mas, nem mesmo o fato de ter ex-profissionais em quadra, fez com que Montes Claros e Lavras estreassem com vitória. Coincidentemente as duas equipes foram derrotadas por 3 sets a 1, respectivamente para Tupaciguara e Barroso. Além dos atletas, destaque para o time de Betim que está sendo representado pelo infanto-juvenil do Sada/Cruzeiro.

Mãe e filha lado a lado
No handebol feminino, outra história que chamou a atenção nos primeiros dias de competições dessa última etapa do JIMI, veio da equipe de Teófilo Otoni, onde mãe e filha jogam lado a lado. Aos 50 anos a profissional de Educação Física, Simildes Soares e sua filha a fisioterapeuta Hanna Soares, que tem a metade de sua idade, dividem a cada partida a quadra e o sentimento de realização.

“É um prazer poder jogar uma competição como o JIMI ao lado dela. Acredito que esse seja o sonho de toda mãe que pratica esporte, e me sinto realizada cada vez que jogamos uma competição juntas”, conta Simildes que espera finalmente conquistar um título ao lado de Hanna.

“Só o fato de jogar ao lado dela já é fantástico, mas, além disso, como ainda não fomos campeãs juntas, é um incentivo a mais para a competição desse ano. Já fomos vice-campeãs e terceiro lugar dos Jogos de Minas, mas ainda não subimos no lugar mais alto do pódio. Espero que aqui em Lavras seja a primeira vez”, idealiza Hanna. Com esse objetivo em mente, as duas ajudaram a equipe de Teófilo Otoni a estrear com vitória na competição, sobre Guaxupé, por 30 a 24.

Cerimônia de Abertura
Como rege o regulamento, apesar de a maioria dos campeões serem definidos apenas no último dia, logo na primeira noite já houve a premiação do primeiro campeão da Etapa Estadual. No desfile das delegações, durante a cerimônia de abertura, cada município participante é avaliado em quatro quesitos, onde recebem notas de 0 a 5. Ao final, somadas as notas é definido o grande campeão da noite.

Nesta última etapa, os quesitos analisados foram: uniforme, disciplina, postura e animação. E, após mais de 40 delegações darem a volta na quadra do Lavras Tênis Clube, o grande campeão do desfile foi Ipatinga, que com muita animação e direito a chuva de confetes, recebeu o primeiro troféu em disputa.

Individuais e PCD’s começam nessa sexta-feira
Além das modalidades coletivas, a partir dessa sexta-feira (13), começam as competições das modalidades individuais e PCD’s. Antes, porém, os representantes dos municípios que participarão de cada modalidade passarão participarão das reuniões técnicas, como divulgado na Nota Oficial 51/2017.

O JIMI
Substituído em 2012 pelos Jogos de Minas, o JIMI voltou ao seu formato original neste ano para atender uma demanda da população mineira levantada durante os Fóruns Regionais de Governo. A competição disputada em três etapas (Microrregional, Regional e Estadual), movimentou os quatro cantos do estado com mais de 1500 partidas e a participação de aproximadamente 10 mil atletas.